FANDOM


Um homem que procura a justiça caminha até o Palácio da Lei. Diante dele um soldado monta guarda. A porta esta aberta, mas o soldado não lhe dirige a palavra e ele resolve esperar. Espera um dia. O guarda continua mudo. "Se ficar aqui, ele verá que quero entrar" , pensa o homem. E passa o homem. E passa dias, semanas, anos e décadas lá. O guarda não diz nada. O homem envelhece. Quando sente a morte se aproximando, reúne as últimas forças e pergunta ao guarda: "Por que não me deixou entrar?"."Eu não deixei?, responde, surpreso o guarda. "A porta estava aberta. Por que não entrou?".



Retirado da revista de televisão, cinema, show, vida moderna. Jornal Extra, Sessão Extra de 28 de dezembro de 2009.