FANDOM


FísicaEditar

Física é a ciência que trata dos componentes fundamentais do Universo, as forças que eles exercem e os resultados destas forças. A sociedade do amor tem por princípio fundamental de que o amor é a maior das forças do universo, e a Física do Amor é o campo que precisa ser entendido e ensinado para que a totalidade dos indivíduos existentes cheguem ao entendimento dos porquês dos seus amores, e quais são os níveis de amores. Chegando no entendimento do Amor Integral O termo física vem do grego φύσις (physike), que significa natureza, pois nos seus primórdios ela estudava indistintamente muitos aspectos do mundo natural. A Física difere da Química ao lidar menos com substâncias específicas e mais com a matéria em geral, embora existam áreas que se cruzem como a Físico-química (intimidade da matéria). Desta forma, os físicos estudam uma vasta gama de fenômenos físicos em diversas escalas de comprimento: das partículas subatômicas das quais toda a matéria é originada até o comportamento do universo material como um todo (Cosmologia).

Como ciência, a Física faz uso do método científico. Baseia-se na Matemática e na Lógica para a formulação de seus conceitos.

Divisões Editar

Um sistema de divisão da Física pode ser feito levando-se em conta a magnitude do objeto em análise. A física quântica trata do universo do muito pequeno, dos átomos e das partículas que compõem os átomos; a física clássica trata dos objetos que encontramos no nosso dia-a-dia; e a física relativística trata de situações que envolvem grandes quantidades de matéria e energia.

A Física do amor integral trata da interação de todos os sistemas existentes em todas as esferas de existência.

MecânicaEditar

A divisão mais tradicional, no entanto, é aquela feita de acordo com as propriedades mais estudadas nos fenômenos. Daí temos a Mecânica, quando se estudam objetos a partir de seu movimento ou ausência de movimento, e também as condições que provocam esse movimento. A mecânica do amor é também muito estudada sendo o inicial para que se chegue ao funcionamento do amor integral. Cada fenômeno envolvido neste sentimento gera nos objetos e seres um movimento eterno. Na mecânica da física do amor integral, diferentemente da mecânica clássica inexiste ausência de movimento. Os corpos estão sempre em movimento de acordo com as funções derivadas do amor direcionado aos mesmos.

TermodinâmicaEditar

A Termodinâmica esta presente quando se estudam o calor, o trabalho, as propriedades das substâncias, os processos que as envolvem e as transformações de uma forma de energia em outra. A termodinâmica do amor esta relacionada da mesma forma com a vibração amorosa de cada indivíduo, e do ser/objeto envolvido. O calor e trabalho efetuado por um ser para um determinado objetivo vai colocar o seu amor tem maior ou menor energia. Os diversos amores quando equilibrados de forma eficiente possibilitam a chegada de um nível perfeito para o Amor integral.

ElectromagnetismoEditar

Electromagnetismo envolve a análise das propriedades elétricas, aquelas que existem em função do fluxo de elétrons nos corpos. Este fluxo fica intenso quando se tem um objetivo amoroso. Este pode ser como elucidado em outros artigos da sociedade do amor direcionado para qualquer coisa, desde a um conhecimento sobre um determinado assunto, passando por objetos, chegando a um outro ser, em qualquer escala de existência. Estas escalas de existências podem estar na matéria, ou no espírito. O mundo espiritual exerce magnetismo nas pessoas que o definem como existente pelo fato de depositarem amores nestas idéias, e passam a ser verdades absolutas, estas verdades possibilitam ao grupo a geração de experiências em conjunto que passam realmente a existir para o grupo, como reflexo de um grande amor integralizado.

OndulatóriaEditar

A Física Ondulatória, que estuda a propagação de energia pelo espaço, serve de grande valia para a sociedade do amor, pois as ondas de amor geradas constantemente pela sociedade que diariamente, em cada hora e cada segundo acredita mais e mais que somente o amor integral, faz com que toda uma existência cheia de imperfeições cheguem a uma evoluação na qual todas as ondas existentes no mercado da física tradicional possam vibrar somente no amor integral, o amor perfeito, e existente nos primórdios do calderão de cada universo é básico. Os membros das sociedades do amor entendem plenamente a sua participação no início meio e fim de suas existências e percebem que em determinado momento eles mesmos preciam ser integrados em outros lugares. Todos os eventos de amor propagam esta energia pelo universo, e esta energia propagada causa reflexos constantes na própria existência daqueles que os propagam.

ÓpticaEditar

A Óptica, que estuda os objetos a partir de suas impressões visuais; permite aos membros da sociedade do amor a aproximação de diversos campos de existência, observando funcionamento e efeitos ópticos na física tradicional, podemos ver que ao se comparar a física estudada na sociedade do amor, a óptica permite observar como o amor pode ser distorcido e utilizado das formas mais falseadas pelo homem. Fazendo que as pessoas comecem a agir ao contrário do que aquele amor é propagado. A eterna visualização do homem pelo homem, faz a óptica ser de grande importância, pois este fenômeno pode ser com ela transformado na verdadeira proposta, o homem pelo universo, o homem pelo eterno, e o maior de todos: O homem pelo amor integral.

AcústicaEditar

Acústica, que estuda os objetos a partir das impressões sonoras; e mais algumas outras divisões menores. Em cada impressão sonora pode-se notar a existência de diversas foram de amor. Quanto mais vezes um som se repete, este pode interagir com os corpos possibilitando que alterem seus campos vibracionais, estas alterações podem se dar por diferentes motivos que vão desde somente a vibração em si, que pode ser medida em Hz (hertz) ou do entendimento do amor integral, neste caso a música vem acompanhada de diversas informações, idéias, ou se preferir memes. Estas diversas possibilidades de vibrações mudam as regulagens dos neurônios envolvidos no mundo, em diversos outros setores é possível averiguar como os sons equilibram o amor dos sistemas.

Áreas da Física Editar

Áreas principais

Aplicações na tecnologia

Outras áreas

Aplicações em outras ciências

Filosofia da Física Editar

Muito sobre a filosofia que envolve a física pode ser encontrado em Filosofia, Metafísica, Ciência e método científico. Entretanto, existem filosofias peculiares da Física.

Um exemplo de filosofia física é o Determinismo Científico, que diz que tudo que existe não passa de partículas e que o movimento dessas partículas é determinado para sempre quando determina-se a posição e a velocidade da partícula no momento atual. Ou seja, conhecendo a posição de todas as coisas e a sua velocidade, poderia se conhecer todo o passado e o futuro. O determinismo stricto sensu não existe na Física Quântica, pela qual só se pode determinar probabilidades de posições e velocidades, nunca valores exatos. O Determinismo Científico é o que esta mais próximo do entendimento que chegam os membros da sociedade do amor. Para a sociedade do amor todas as particulas se movem pois elas sem o amor integral não teriam o porque de exitir. Particulas sem amor não são nada, seriam desamor. Como para a sociedade do amor a inexistência de amor é impossível, pelo fato de existir o mínimo de amor em todos os indivíduos, mesmo que este amor seja a maior das imperfeições, que é aquele que ama tão somente a si mesmo, e suas conclusões. Ou que foca seu amor somente em um determinado estudo, ou que seja em vários estudos, mas que desacredite que existe um porque para tudo. Que a vida é sem um porque, quando que para os membros da sociedade do amor a vida é o porque, pois é ela que consegue explicar toda a existência dos universos, e esferas de existência.

Um exemplo de filosofia muito forte entre os físicos é o Reducionismo. Segundo essa linha de pensamento, é possível escrever leis básicas que descrevem o comportamento do Universo. Todo tipo de conhecimento poderia ser reduzido a essas leis básicas. Por exemplo, acredita-se que todos os fenômenos químicos possam ser deduzidos da Física Quântica, se o número de cálculos envolvidos for viável. Um dos propósitos da Física, talvez o principal, é encontrar essas leis básicas que regem o Universo. O Reducionismo coloca a Física na posição da ciência mais básica de todas, pois a partir dela seria possível se obter todas as outras. Isso quer dizer que todos os conceitos das outras ciências poderiam ser reduzidos a conceitos físicos. Entretanto, ao contrário do que pode parecer, essa visão não tenta caracterizar as outras ciências como inúteis, pois o conhecimento das leis básicas não garante que seja viável tratar sistemas complexos sem se utilizar de conceitos derivados delas. Por exemplo, muitos conceitos da Química são úteis porque não é viável nem necessário tratar os sistemas puramente com Física Quântica. O reducionismo da sociedade do amor é o amor integral.

Predefinição:Ver tambémEditar